O Museu do Fado, em Lisboa, celebra, esta quarta-feira, o 2º aniversário da consagração do Fado como Património Imaterial da Humanidade, pela UNESCO, com entrada livre e uma programação que inclui a atuação dos fadistas Raquel Tavares e Ricardo Ribeiro, escreve a agência Lusa.

Durante o dia está prevista a realização de «visitas cantadas» com os fadistas Conceição Ribeiro e Pedro Galveias, respetivamente às 15h00 e às 18h00.

Às 17h00 e às 19h00, apresenta-se «Teatro Severo», de Sofia Portugal, em que se recria a taberna lisboeta do século XIX, época em que o fado apareceu e a fadista Maria Severa se tornou célebre. A peça é interpretada por Ana Clóe, Rui Melo, Rui Rebelo e Sofia de Portugal

Às 21h30 atuam os fadistas Ricardo Ribeiro, que editou recentemente o álbum «Largo da Memória», e Raquel Tavares.

No âmbito destas celebrações é apresentado, na quinta-feira, às 19h00, no Museu do Fado, o livro «40 Fados», de José Luís Gordo e Arménio de Melo.