Um cantor que participou no “The Voice” México morreu este sábado em Chicago, nos Estados Unidos, depois de ter sido alvejado na última quinta-feira.

Alejandro Jano Fuentes, de 45 anos, foi atingido com três tiros na cabeça enquanto seguia de carro. Segundo o Independent, o homem estava em Chicago para celebrar o seu aniversário com amigos.

Testemunhas relatam, ao Chicago Tribune, que um homem aproximou-se do automóvel onde seguia o cantor e, enquanto lhe apontava uma arma, terá ordenado que saísse do carro.

O cantor fez o que lhe pediam e depois foram ouvidos disparos.

A polícia norte-americana ainda não deteve nenhum suspeito, mas não descarta a possibilidade do ataque estar relacionado com assalto ou carjacking.

Alejandro Fuentes foi transportado para o hospital em estado critico com vários ferimentos de bala na cabeça. Apesar dos esforços, o mexicano não resistiu e no sábado, por volta das 14:00 horas locais (8:00 em Portugal Continental), as autoridades norte-americanas declararam o óbito.

O cantor tinha participado na primeira temporada do programa de talentos no México, em 2011. Quando ficou conhecido, Alejandro Fuentes abriu uma escola de artes nos Estados Unidos e era presença habitual em eventos relacionados com música e artes do espetáculo.

Este assassinato aconteceu cerca de uma semana depois de Christina Grimmie, concorrente no “The Voice” ter sido morta quando estava a dar autógrafos na Florida.