Adele tem dois novos prémios para acrescentar ao conjuntou de galardões recebidos ao longo do último ano. A cantora inglesa foi distinguida esta quinta-feira nos Ivor Novello Awards nas categorias de Canção Mais Tocada do Ano, por «Rolling In The Deep», e de Compositora do Ano.

Emocionada ao receber este último prémio das mãos de Annie Lennox, a estrela de 24 anos explicou o quanto aprendeu com as críticas ao seu primeiro álbum.

«Diziam que as canções não eram tão boas como a minha voz. Tomei isso em conta e agora sou considerada a Compositora do Ano», disse Adele durante a cerimónia realizada em Londres.

No entanto, o prémio de Canção do Ano (musicalmente e liricamente) escapou à cantora e foi parar às mãos do jovem Ed Sheeran, que aos 21 anos lançou um dos singles de maior sucesso no Reino Unido em 2011: «The A Team».

Na corrida a Melhor Álbum do Ano, PJ Harvey venceu pelo o trabalho em «Let England Shake», deixando para trás o gigante «21», de Adele, e «50 Words For Snow», de Kate Bush.

Nas principais categorias dos Ivor Novello Awards, a norte-americana Lana Del Rey foi outra das premiadas, desta feita na categoria de Melhor Canção Contemporânea com «Video Games».

Os Ivor Novello Awards são atribuídos anualmente desde 1955 e são uma das mais importantes distinções musicais atribuídas no Reino Unido, a par dos Brit Awards e do Mercury Prize.