O músico britânico Cliff Richard foi este sábado interrogado pela polícia, na sequência de suspeitas de abuso sexual de um rapaz menor, não tendo sido detido nem acusado, disse um porta-voz.

Cliff Richard «colaborou totalmente com os agentes e respondeu às questões que lhe foram colocadas», adiantou o porta-voz do músico, que «nada mais tem a dizer» a não ser «reiterar que as acusações são completamente falsas» e que «vai continuar a colaborar» com as autoridades.

A polícia britânica comunicou que a investigação está numa fase inicial.