Taylor Swift foi a grande ausente dos prémios MTV, mas, tinha uma razão legal para não comparecer (independente da querela que alimenta com o músico Kanye West que não perdeu a oportunidade de criticá-la no palco da cerimónia).

Taylor Swift foi convocada por um tribunal de Nashville, nos Estados Unidos, para se apresentar numa audiência prévia de escolha dos jurados para o julgamento de um caso de rapto e violação.

A cantora de 26 anos apresentou-se no tribunal num vestido preto e com maquilhagem discreta, mas não passou despercebida aos outros jurados, que recolheram autógrafos e tiraram fotografias com a pop star.

 

 

 

 

 

Taylor acabou por ser dispensada do júri pelo juiz, já que alegou a eventual falta de imparcialidade no seu juízo por causa de um processo de perseguição que moveu contra um fã, como explica o Guardian.