Kanye West despe e junta na mesma cama a sua própria mulher e outros famosos como Taylor Swift, Rihanna e Donald Trump. A estreia do video da música “Famous”, do mais recente álbum de Kanye West “The Life Of Pablo”, aconteceu esta sexta-feira, dia 24, num evento no estádio Forum, em Los Angeles, Estados Unidos. Por enquanto, o videoclipe está disponível apenas na plataforma de streaming TIDAL.

O vídeo mostra 12 famosos nus, fielmente representados por bonecos de cera, numa referência à obra "Sleep", do artista plástico Vincent Desiderio.

 

Kanye iniciou a polémica logo na escolha dos personagens que desnudou no novo videoclipe. Estão lá o ator acusado de abuso sexual, Bill Cosby e a transsexual Caitlyn Jenner, que já foi casada com mãe de Kim Kardashian. Também lá estão a ex de Kanye West, Amber Rose; o rapper Chris Brown, que agrediu Rihanna em 2009, e a editora da revista Vogue, Anna Wintour.

A própria música já tinha levantado polémica, quando “Famous” foi colocada inadvertidamente na Internet. Um verso em particular adensou as já tensas relações entre West e Taylor Swift. O rapper canta: “I feel like me and Taylor might still have sex. I made that bitch famous" (“Sinto que eu e Taylor ainda vamos fazer sexo, eu fiz aquela vadia famosa”, em tradução livre).

Kanye West já chegou a arrancar o microfone da mão da cantora, quando ela agradecia o prêmio de melhor vídeo feminino no Video Music Awards (VMA), em 2009. Desde então, trocam galhardetes na imprensa e nas redes sociais.