O concerto que o grupo rock U2 daria hoje em Estocolmo, no âmbito de uma nova digressão, foi adiado para terça-feira por razões de segurança, que levaram à evacuação do recinto.

Em comunicado, a banda afirma que por causa de uma "falha de segurança" o The Globe Arena de Estocolmo teve que ser evacuado momentos antes do início do concerto.

"Como a falha de segurança não foi logo resolvida", o concerto foi adiado para terça-feira.


Com a digressão "Innocence + Experience Tour 2015", os U2 têm dado vários concertos em cada cidade por onde passam, dando preferência a recintos fechados em vez de estádios. Em Estocolmo, atuaram nos dias 16 e 17, atuariam hoje e ainda na segunda-feira.

A primeira etapa da digressão europeia foi a 04 de setembro em Itália. Em 2016, o grupo deverá atuar em Portugal, embora a promotora ainda não tenha anunciado o local e a data.

Em 2010, o grupo deu dois concertos no Estádio Cidade de Coimbra, que se juntam já a várias atuações para o público português.

Os U2, formados por Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr, foram fundados há mais de 30 anos.

O motivo para esta nova digressão é o álbum "Songs of Innocence", editado em 2014.

Depois do álbum, o grupo editou o projeto "Films of Innocence", que reúne filmes artísticos inspirados nas canções do disco e assinados por "onze dos mais aclamados artistas urbanos do mundo", entre os quais o português Alexandre Farto, conhecido como Vhils.

A Vhils calhou o tema "Raised by Wolves", cujo vídeo foi rodado nos estaleiros da Lisnave e em Cacilhas (Almada).