O músico norte-americano Iggy Pop atuará em julho, em Portugal, integrado no cartaz do festival Super Bock Super Rock (SBSR), em Lisboa, anunciou a organização esta segunda-feira.

Iggy Pop edita esta semana o álbum “Post Pop Depression”, que contou com a produção e participação de Josh Homme, mas a atuação a 15 de julho, em Portugal, será a solo, sem o músico dos Queens of the Stone Age, referiu fonte da Música no Coração à Lusa.

Fora o trabalho com os Stooges, Iggy Pop, 68 anos, conta com quase duas dezenas de discos a solo, desde “The Idiot” e “Lust fo life”, ambos de 1977, até “Post Pop Depression”, de 2016.

Na gravação deste disco, feita quase em segredo ao longo do último ano, participaram ainda Dean Fertita, dos Queens of The Stone Age, e Matt Helders, dos Arctic Monkeys.

O regresso de Iggy Pop a Portugal insere-se numa digressão europeia, para apresentar aquele disco, do qual fazem parte músicas como “Gardenia”, “American Valhalla” e “Break into your heart”.

Iggy Pop, 68 anos, considerado um dos ícones do punk rock, junta-se a um cartaz do SBSR que conta já com mais de uma dezena de nomes, entre os quais The National, Kendrick Lamar, Massive Attack com Young Fathers, Jamie XX, Mac DeMarco e Orelha Negra.

O SBSR decorrerá de 14 a 16 de julho no Parque das Nações.