Tem 4,5 toneladas e 2400cv de potência. Chama-se “The Iron Knight” (Cavaleiro de Ferro, em português) e pretende tornar-se no camião mais rápido do mundo. O objetivo é bater os recordes de velocidade dos 0 aos 500 metros e dos 0 aos 1000 metros.

Para esta missão, a Volvo Trucks pegou no conhecido motor de seis cilindros em linha 12,8 litros D13 dos camiões FH da marca sueca, e que na sua versão de produção debita “apenas” 540 cv.

A inclusão de quatro turbocompressores, um intercooler refrigerado a água e obviamente, a reprogramação da centralina, permitiu alcançar números surreais: 2400cv e 6000 Nm.

Por outro lado, a caixa de dupla embraiagem i-Shift manteve-se praticamente de origem, ganhando apenas reforços e uma programação electrónica que favorece a rapidez na transição de mudanças.

A aerodinâmica foi outra das preocupações, não fosse o desafio velocidade. A cabina é feita de fibra de vidro para maior ligeireza e foi trabalhada para oferecer o mínimo de resistência aerodinâmica. Conta ainda com saias laterais e entradas de ar para melhorar a refrigeração do motor.

“O Iron Knight tem um desenho atrativo e poderoso inspirado pelo atual Volvo FH. Basta olhar para o veículo para perceber que é um camião verdadeiramente rápido. Mesmo quando está parado parece sempre que está em movimento”, referiu Nigel Atterbury, designer responsável na Volvo Trucks.

A revelação desta proeza no dia 24 de agosto surge, incidentalmente, um dia após a revelação de um novo camião da rival Scania, prevendo-se assim mais um episódio da rivalidade entre os dois construtores, com a Volvo a tentar ‘roubar’ para si algumas das atenções.

Recorde-se que a Volvo detém o recorde de velocidade com camião nos 1000 metros, conquistado em 2009 com o “Wild Viking” de 1600 cv, que atingiu os 158,8 km/h.

Veja o teaser: