O Governo aprovou esta sexta-feira, por diploma, a compra de 170 carros elétricos por 5,5 milhões de euros, arrancando com a primeira fase do programa de mobilidade elétrica na Administração Pública (Eco.mob), depois de concluída a fase piloto.

“Pretende-se agora dar início à 1.ª fase do Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica na Administração Pública”, afirmam os ministérios do Ambiente e das Finanças, na portaria hoje publicada em Diário da República, a qual contempla financiamento da aquisição de 170 veículos em regime de aluguer operacional de veículos (AOV) durante um período de quatro anos e o financiamento de pontos de carregamento.

Os 170 novos automóveis do Parque de Veículos Estado (PVE) vão substituir veículos com mais de 10 anos, pretendendo o Governo uma melhoria do desempenho ambiental e a descarbonização dos veículos daquele parque, e ainda promover a mobilidade elétrica e reduzir custos operacionais.

Os ministérios estimam, com estes 170 novos veículos, poupar 1,3 milhões de euros só em custos de combustível.

O Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica pretende financiar 1200 veículos elétricos, num total de 23,34 milhões de euros, sendo a principal fonte de financiamento o Fundo Ambiental (FA), que transitou do extinto Fundo Português de Carbono (FPC).

O programa desenvolve-se de forma faseada, com uma fase piloto com 30 veículos em regime de aluguer operacional de veículos: 30 VE Peugeot iOn para 12 entidades do Ministério das Finanças (MF) e do Ministério do Ambiente e 25 pontos de carregamento e a respetiva operação, bem como o acompanhamento e monitorização do programa durante a sua execução.