O que faria se fosse o feliz proprietário de um Porsche 911 GT3 RS novinho em folha? Um milionário excêntrico decidiu dar-lhe um pouco mais de personalidade e encomendou uma decoração um pouco ou nada convencional.

O desportivo foi envolvido por um película que simula uma pintura de um antigo carro de ralis dos anos 70. O 911 ficou assim com uma aparência como se tivesse sido utilizado num qualquer rali, e deixado algures numa garagem durante pelo menos 20 anos, até ganhar ferrugem.

A decoração inclui até danos (falsos) na dianteira. Até mesmo os emblemáticos emblemas da Martini foram reproduzidos como se tivessem sofrido com o passar do tempo.

O trabalho foi desenvolvido pelo artista norte-americano Scott Kepple e tornado realidade pela sueca WrapZone.

Já foram decorados desta forma um Porsche 911 GT3 RS, um Volkswagen Beetle e um Dodge Charger, entre outros.