O título da Super Formula japonesa acabou por ser ganho por Hiroaki Ishiura sem que o piloto nipónico precisasse de defender o primeiro lugar que detinha para uma última ronda que acabou anulada.

Quem ficou prejudicado foi Pierre Gasly ao não ter tido hipótese de lutar pelo título do campeonato japonês, mesmo prescindido de estar no GP dos EUA de Fórmula 1 num dos Toro Rosso (que terá Brendon Hartley).

O grande responsável por este desfecho sem apelo nem agravo foi o tufão Lan, tempestade tropical que está a atingir o Japão e faz prever tremendo mau tempo em Suzuka no domingo, quando deveriam disputar-se as duas corridas.

A ronda dupla de corridas prevista para a última etapa da Super Fórmula neste fim de semana foi cancelada depois de os treinos e qualificações já terem sido também afetados.

O cancelamento foi feito decidindo não fazer as corridas em outra data, segundo relata o «Motorsport.com», ficando o campeonato decidido pela classificação existente até esta última etapa agora cancelada.

Ishiura manteve a liderança e ganhou o segundo troféu em três anos batendo Gasly por apenas meio ponto.