O Opel Ampera está de regresso. Agora sob a designação Ampera-e e em formato cem por cento elétrico (o primeiro Ampera era elétrico com extensor de autonomia). A estreia está marcada já para 1 de outubro, no Salão de Paris. As vendas arrancarão pouco depois.

“O Ampera-e torna a mobilidade elétrica plenamente viável numa utilização diária, com tecnologia que está pronta para o futuro”, afirma o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann.

O Ampera-e promete números aliciantes: 204 cv, 360 Nm de binário e mais de 330 km de autonomia com apenas uma carga. Anuncia ainda uma aceleração dos zero a 50 km/h é cumprida em 3,2 segundos e a recuperação de 80 a 120 km/h é cumprida em 4,5 segundos (dados preliminares). A Opel diz ainda que será capaz de manter velocidades de cruzeiro até 150 km/h.

O módulo da bateria está instalado num plano inferior, sob o piso do habitáculo. A solução permitirá espaço para cinco ocupantes e bagageira comparável à de um modelo familiar compacto.

Estará, ainda, equipado com a mais recente geração IntelliLink de infoentretenimento da Opel (compatível com Apple CarPlay e Android Auto), bem como com o sistema de assistência em viagem e em emergência Opel OnStar (que integra um “hotspot” Wi-Fi que pode ligar até sete dispositivos móveis à internet).