A Nissan continua a revelar a conta gotas as caraterísticas da segunda geração Leaf, que será apresentado já em setembro. A última revelação é a estreia da função e-Pedal que, quando ativada, faz com que o pedal do acelerador funcione também como travão.

Segundo a Nissan, com o acionar de um interruptor, a tecnologia transforma o acelerador num e-Pedal, permitindo acelerar, desacelerar e parar utilizando apenas o acelerador.

“A tecnologia e-Pedal é uma estreia a nível mundial de um único pedal que permite ao condutor parar o automóvel, mesmo em declives, mantê-lo parado e retomar a condução instantaneamente”, refere a Nissan em comunicado.

A explicação é simples: os carros elétricos desaceleram mais do que os veículos de combustão quando se levanta o pé do acelerador porque nessa situação o motor elétrico transforma-se em gerador para carregar as baterias – processo conhecido por regeneração.

Em alguns carros elétricos é até possível alterar o nível de regeneração, o que evita o uso do travão. É o caso do atual Leaf que tem o modo B para aumentar a regeneração (travagem com o motor).

Este processo de regeneração vai ser amplificado no novo Leaf. “Os condutores poderão concretizar 90 por cento das suas necessidades de condução com o e‑Pedal tornando todo o processo de condução mais entusiasmante. Em situações de tráfego intenso ou em percursos citadinos, os condutores reduzirão bastante a necessidade de alternar de um pedal para outro tornando a condução mais simples e mais confortável”.

Esta é só uma das tecnologias que serão estreadas na segunda geração do Leaf, que será o primeiro modelo da Nissan equipado com o sistema de estacionamento automático “Nissan ProPILOT Park”. A tecnologia ajuda os condutores a estacionar conduzindo de forma autónoma o Leaf para um local de estacionamento.

Veja como funciona o e-Pedal: