Um dos ícones da Fórmula 1 da década de 1990 está à venda. É o Williams FW14B com o chassis #10 que fez parte da campanha vitoriosa de Nigel Mansell no Mundial de Pilotos de 1992.

O carro foi sobretudo utlizado em corrida por Riccardo Patrese contribuindo o vice-campeão desse ano para o triunfo da equipa britânica também no Mundial de Construtores.

Com o nº6, o Williams de Patrese venceu o GP de Suzuka, ficou em segundo em Magny Cours e em terceiro no Mónaco.

Nigel Mansell utilizou o FW14B #10 como carro de teste, o que viria também a fazer Damon Hill quando se juntou à Williams (na época seguinte).

O mítico carro que pôs fim a um domínio de quatro temporadas da McLaren-Honda na F1 tem um certificado de autenticidade e vem acompanhado com um portfólio de fotografias e notas de engenharia e outra documentação história do arquivo da Williams.

Quanto ao preço, esse só é revelado pela Cars International mediante um pedido formal.