Miguel Oliveira venceu neste domingo o GP da Austrália de Moto2 estreando-se a ganhar uma corrida na categoria intermédia.

O piloto português não escondeu a felicidade, bem como o nervoso por nunca mais chegar a bandeira de xadrez.

“Estou realmente feliz. A três voltas do final, quando começou a chover um pouco, tinha uma liderança de 6 segundos e fui bastante cauteloso por isso a distância encurtou, foi um momento stressante. Foi a corrida mais longa da minha vida.”

Oliveira liderou a corrida do princípio ao fim e recuperou o terceiro lugar do Mundial de Moto2.