Dois anos depois da revelação do AMG GT, a Mercedes-Benz dá a conhecer a versão “aberta”, o AMG GT Roadster. A estreia está marcada para daqui a duas semanas no Salão de Paris, em França.

Estará disponível em duas versões. A versão base conta com 476 cv e 630 Nm debitados do motor V8 4.0 biturbo AMG. A versão mais potente, extrai 557 cv e 680 Nm do mesmo motor – apenas menos 28 cv que o AMG GT R. Esta útima promete uma velocidade máxima de 316 km/h e uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos. A caixa de dupla embraiagem AMG Speedshift DCT é de sete velocidades.

O AMG GT C Roadster conta com alguns elementos técnicos do AMG GT R, nomeadamente as rodas direcionais traseiras e um diferencial autoblocante eletrónico. Além disso, conta com uma suspensão desportiva AMG Ride Control.

O teto retrátil em lona é de três camadas, demora cerca de onze segundos a abrir ou fechar, exercício que pode ser realizado a um velocidade de até 50 km/h.

A capota de lona, de resto, está disponível em três cores (preta, vermelha ou bege), para combinar com as 10 cores propostas para o interior.