Este não é um carro de golfe qualquer. É o Garia, um carro de golfe Premium que resulta do trabalho conjunto da Mercedes, da divisão de Inovação da Daimler e do fabricante de carros de golfe Garia.

É resultado também do feedback de vários entusiastas de golfe sobre o que consideram ser o carro de golfe ideal. Tem um para-brisas curvilíneo, tejadilho em fibra de carbono, um difusor traseiro também em fibra de carbono e um pequeno spoiler que funciona como suporte para sacos de golfe.

Por baixo do banco existe um frigorífico e no tablier um suporte para garrafas, mas o que se destaca no interior é o touchpad com ecrã de 10 polegadas, que mostra toda a informação sobre o veículo (autonomia, velocidade, consumo de energia, etc). Este ecrã permite igualmente a visualização da configuração do campo de golfe as as posições atuais.

Este carro de golfe topo de gama está equipado, ainda, com tecnologias como o sistema mãos-livres com ligação Bluetooth, altifalantes integrados e uma solução que permitirá a transferência de conteúdos de um smartphone para o ecrã tátil.

O motor elétrico permite uma autonomia para 80 quilómetros, sendo necessárias 6 horas para uma carga completa. Alcança os 30 km/h de velocidade máxima e conta com travões de disco no eixo dianteiro.

Serão, para já, construídos apenas dois exemplares do Garia Mercedes-Benz, com as reações do mercado e de potenciais clientes a ser tidas em conta posteriormente, na passagem à produção em série. A comercialização deverá ter lugar, principalmente, através de canais digitais.