A Kawasaki revelou que está a desenvolver um sistema para tornar as suas motos inteligentes de forma a que, inclusivamente, falem com os seus condutores.

O sistema Kanjo Engine [«Motor Emotivo»] terá como função inicial perceber o tipo de condução feita analisando a perícia do condutor, a sua experiência sobre duas rodas pelo que o condutor relatar e, com base nos dados analisados, produzir um «feed-back» em segunda instância.

A inteligência artificial da moto utilizará os dados aprendidos com o seu condutor para lhe transmitir então a melhor forma para uma condução segura e agradável. A moto falará com o condutor para o aconselhar na condução.

O Kanjo Engine pretende também que, assim que o perfil do condutor esteja estabelecido, a moto possa logo adaptar-se ao seu condutor. Sem ser preciso mais conversas…