Não para de crescer a oferta entre os SUV compactos. Horas depois de a Citroen mostrar o C3 Aircross, a Hyundai deu a conhecer o Kona, o tal modelo que em Portugal vai chamar-se Kauai.

O primeiro SUV compacto da Hyundai chega no último trimestre do ano, com promessa de desafiar o domínio de modelos como o Renault Captur, Peugeot 2008 e Nissan Juke.

"O Kauai não é apenas mais um modelo entre a atual gama de SUV da Hyundai – é um marco importante na nossa jornada para nos tornarmos a marca automóvel asiática número um na Europa até 2021”, comentou Thomas A. Schmid, COO da Hyundai Motor Europe.

Em Portugal, na fase de lançamento, o Kauai estará disponível com dois motores a gasolina, um 1.0 T-GDi de 120cv e um 1.6 T-GDi de 177cv. Posteriormente, no verão de 2018, a gama será reforçada com um 1.6 Diesel de 115 e 136cv.

Antes, na primavera, junta-se uma versão cem por cento elétrica, com uma autonomia de 350 km.

Entre o equipamento de série ou em opção destaque para tecnologias como a manutenção na faixa de rodagem, sistema de travagem de emergência (AEB) com deteção de peões, de controlo automático dos máximos, de vigilância do ângulo morto e de alerta de tráfego transversal na traseira.

Os preços ainda não foram revelados, mas espera-se que a versão de acesso à gama esteja posicionada abaixo dos 17 mil euros, um valor pelo qual estão disponíveis alguns concorrentes.