O Grupo PSA e o Governo da Namíbia assinaram um acordo de investimento para a montagem em Walvis Bay, a partir de meados de 2018, de veículos das marcas Opel e Peugeot. Está previsto um volume anual de 5.000 unidades em 2020, para responder às expetativas do mercado.

A produção vai arrancar com o Opel GrandlandX e o Peugeot 3008, seguindo-se outros modelos, de acordo com as necessidades dos clientes de ambas as marcas.

Este acordo é parte integrante do plano estratégico de crescimento rentável “Push to Pass”, que visa uma maior aproximação do Grupo PSA às expetativas dos clientes em todas as regiões onde opera. Sublinha a ambição do grupo em termos de desenvolvimento a nível internacional, produzindo diretamente 70% dos veículos que são vendidos na região do Médio Oriente e África.

O projeto destaca ainda o potencial de desenvolvimento da marca Opel na região. A produção de modelos Opel foi decidida e implementada em tempo recorde, menos de 4 meses após o anúncio do plano estratégico PACE!, apresentado a 9 de novembro de 2017.

“Esta implantação na Namíbia é parte da estratégia a longo prazo do Grupo para aumentar as suas vendas em África e no Médio Oriente, com a ambição de vender 1 milhão de veículos em 2025. Esta nova capacidade de produção irá servir os mercados da região com produtos Opel e Peugeot que vão ao encontro das expetativas dos nossos clientes", descreveu Jean-Christophe Quémard, Vice-Presidente Executivo da região Médio Oriente e África do Grupo PSA.