Fernando Alonso não ficou indiferente aos incêndios que estão a massacrar o nordeste da Península Ibérica. Pelo contrário, o piloto espanhol fez questão de se solidarizar com as regiões espanholas da Galiza e das Astúrias e, também, explicitamente com Portugal.

E não se ficou por aí. O piloto de Fórmula 1 pediu “leis mais duras” para impedir que estas tragedias aconteçam.

Acompanhe a informação sobre os incêndios no TVI24

Asturiano de nascimento, em Oviedo, Alonso não deixou a sua região sem o seu apoio público. Mas o piloto da McLaren que é conhecido em todo o mundo expressou a sua tristeza também de uma forma que ultrapassa todas as fronteiras em relação a que está em causa.

“Galiza, Astúrias, Portugal... com a sua beleza, as suas terras, a sua gente... dói-nos a alma lendo notícias e vendo as imagens. Leis mais duras”, escreveu o bicampeão do mundo de F1 nas redes sociais.