É oficial, Fernando Alonso (McLaren) vai mesmo a Le Mans. A notícia foi confirmada esta terça-feira pelo departamento de comunicação do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) que assegurou a participação do piloto espanhol na categoria com a Toyota Gazoo Racing. Ou seja, Alonso irá participar numa série de rondas do WEC, incluíndo as tradicionais 24H de Le Mans.

O espanhol ficará com o carro n.º 8 e terá como companheiros de equipa Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima.

“Estou muito entusiasmado por participar pela primeira vez nas 24 Horas de Le Mans. É uma corrida que acompanhei por muito tempo e sempre foi uma ambição minha participar. A Endurance é uma disciplina diferente comparada com as corridas de monolugares e será um desafio interessante. Estou ansioso por trabalhar em equipa, e aprender com o Sébastien e Kazuki, que são dois pilotos de resistência muito experientes. Será uma curva de aprendizagem para mim, mas estou pronto para este desafio e mal posso esperar para começar”, assumiu Alonso em comunicado.

O espanhol tem razões para estar entusiasmado. Afinal há meses que fala sobre o desejo de participar na prova de resistência mais famosa do mundo. O objetivo passa pelo famoso triplete do automobilismo: GP de Monaco em F1, 500 Milhas de Indianápolis e 24H de Le Mans.

Contudo, Alonso terá de organizar bem a sua agenda. Apesar de ter luz verde da McLaren, a Fórmula 1 será a prioridade e por isso irá participar em rondas que não entrem em conflito com o calendário da prova rainha de velocidade. A prova de 6 Horas de Fuji é uma delas, já que acontece na mesma data do GP dos Estados Unidos, em outubro.

A estreia de Alonso ao volante de um LMP1 está prevista para maio com as 6 Horas de Spa-Francorchamps.