Um estudo revelado nesta segunda-feira pela Transport & Environment (T&E) aponta que “os carros a diesel não só poluem mais o ar como também fazem mais emissões” de CO2 “do que os carros a gasolina”.

Este resultado decorre de uma análise do «ciclo de vida de emissões dos veículos» mostrando que um carro a diesel no seu período de vida «emite 3,65 toneladas de CO2 mais dos que o seu equivalente a gasolina» – de 42.65 toneladas de emissões de CO2 por ciclo de vida contra 39.0.

O maior impacto do diesel no clima segundo o estudo do T&E deve-se a quatro fatores: mais energia utilizada na refinação do combustível; mais materiais utilizados na construção dos mais pesados e complexos motores a diesel; mais emissões pelo biodiesel misturado com o combustível diesel; e mais quilometragem feita porque e um combustível mais barato.

Com este trabalho, a T&E pretende «desmistificar a argumentação dos fabricantes de que os carros a diesel são necessários para responder às alterações climáticas» destacando também o facto de que os veículos a diesel «custam em geral mais dois a três mil euros mais do que os a gasolina». A isto, acresce a comparação com os carros a gasolina híbridos, que custam os mesmos que os a diesel, mas que «emitem menos 20 a 25% de CO2» do que aqueles.

O estudo da T&E pode ser visto em detalhe aqui.