Sebastien Ogier cumpriu um dos seus maiores sonhos: pilotar um Fórmula 1. O tetracampeão de WRC pilotou um Fórmula 1 da Red Bull no Red Bull Ring, na Áustria, tornando um sonho realidade.

“Em criança costumava ver o Senna. Ele era o meu ídolo, e claro que sonhava em conduzir um carro destes um dia”, afirmou o francês da M-Sport, atual líder do Mundial de Ralis.

Ogier, de 33 anos, contou com a “ajuda” do antigo piloto David Coulthard para se adaptar ao “mundo” da F1, o Red Bull RB13, campeão do Mundo de 2011.

“Para o Sébastien vir e conduzir um carro de F1 pela primeira vez quando se está habituado a um carro de rali, há muitos desafios. Num carro de rali há muito mais espaço no cockpit. Um carro de F1 é mais compacto e o ambiente é mais hostil”, adiantou Coulthard.

No final, Ogier admitiu que rodou sempre “muito longe do verdadeiro limite do carro” e que para perceber os limites teve de os ultrapassar, pelo que teve um despiste, ainda que não “tenha sido nada de grave”.