O antigo piloto de MotoGP e Superbike, o italiano Max Biaggi saiu esta segunda-feira do serviço de reanimação do hospital de Roma, onde deu entrada há duas semanas após uma queda quando treinava para uma prova de Supermoto.

“Desta vez, arrisquei não estar aqui. O mais belo presente é deixar a sala de reanimação após 17 dias”, escreveu, nas redes sociais, o transalpino, que festeja esta segunda-feira o seu 46.º aniversário.

O texto é acompanhado com as hashtags #ritornoallavita (regresso à vida), #paura (medo) e #maxisback (Max está de volta).

 

O tetracampeão mundial de 250cc e bicampeão de superbikes foi submetido a duas cirurgias depois de sofrer um trauma torácico e ter partido várias costelas, na sequência de uma queda quando treinava Supermoto a 9 de junho no circuito Cason de Latina, a 50 km de Roma.