O piloto italiano Max Biaggi deixou o Hospital San Camillo, em Roma, onde deu entrada a 9 de junho, após um acidente num treino de Supermoto, no qual fraturou várias costelas.

Biaggi esteve internado 18 dias, 17 deles na sala de reanimação, mas recebeu alta na terça-feira, seguindo agora um programa de reabilitação numa clínica privada.

O seis vezes campeão do Mundo de velocidade foi submetido a duas cirurgias depois de sofrer um trauma torácico e ter partido várias costelas, depois de uma queda no circuito Cason de Latina, uns 50 quilómetros a sul de Roma.

Na altura, esteve sempre consciente e foi transportado ao hospital de helicóptero.

Apesar de nunca ter vencido nenhum Mundial da categoria ‘rainha’, na altura 500cc (hoje MotoGP), ficou famosa a rivalidade com o seu compatriota Valentino Rossi, ainda a competir no escalão máximo.

Mesmo assim, Biaggi venceu 13 grandes prémios em 500cc, terminando por duas vezes em segundo lugar no Mundial.

Em 2006, ‘transferiu-se’ para as superbikes, categoria em que se sagrou campeão mundial em 2010 e 2012.