O Circuito de Vila Real regressa no sábado e domingo com cerca de 140 pilotos inscritos nas competições automóveis e um desfile de motos, que servirá para avaliar a capacidade da pista para acolher provas desta modalidade.

Depois de um primeiro fim de semana de corridas, entre 24 e 25 de junho e em que a prova rainha foi o Campeonato do Mundo de Carro de Turismo (WTCC), as emoções da velocidade regressam à cidade transmontana.

“Será mais uma oportunidade para acelerar Vila Real na área do comércio, da hotelaria, do turismo e da animação. Este é o circuito mais desejado em Portugal”, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos.

Como novidades para o 48.º Circuito Internacional de Vila Real, o autarca destacou o regresso à cidade de uma categoria internacional de fórmulas, com a vinda da Fórmula 4, acompanhada pelo TCR Ibérico (onde se inclui o Campeonato Nacional de Viaturas de Turismo), o Campeonato Nacional Legends, o troféu Super 7 by Kia e um Festival de Motos.

Rui Santos adiantou que, nas provas automóveis, estão já cerca de 140 pilotos inscritos.

Quanto à demonstração de motos, referiu que se “trata de um teste à capacidade do circuito” a estas provas.

“Os pilotos das motos dar-nos-ão indicações para saber se é possível ou não ter novamente competição de motas em Vila Real. O circuito está homologado para carros e queremos ver se serve para motas, atendendo às especificidades de segurança que hoje existem, e se não serve que alterações é que são precisas fazer”, explicou Rui Santos.

O autarca sublinhou que “este cheirinho das motas servirá para recordar momentos importantes da história” deste circuito.

O programa inclui um desfile de motos Harley-Davidson e exibições em pista de motos de competição.

Este festival representa o regresso das motos às ruas da capital transmontana, algo que já não acontecia desde 1993. Vila Real acolheu as provas do Campeonato do Mundo de TT, antecessor do mundial de Superbikes.

A organização do evento envolve a autarquia local, o Clube Automóvel de Vila Real e a Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real.