A empresa chinesa Alibaba, a maior companhia mundial no domínio do comércio eletrónico, mas também um dos gigantes no sector da tecnologia, anunciou aquele que é “o primeiro automóvel inteligente do mundo”.

O OS RX5 resulta de uma parceria entre a Alibaba e a SAIC Motor Corp, a maior fabricante de carros da China. Tem por base o SUV Roewe RX5 e utiliza o sistema operativo YunOS e que, entre outras funcionalidades, permite pagar de forma automática o combustível, estacionamento e portagens.

O objetivo, segundo um site detido pelo grupo de e-commerce, é “conectar todos os carros ao ecossistema da Internet das Coisas”.

“O que estamos a criar não é a internet no carro, mas o carro na internet”, explicou Wang Jian, presidente do conselho de tecnologia do grupo Alibaba.

A tecnologia, avança a empresa chinesa, permite ainda criar perfis dos diferentes utilizadores da viatura, podendo fazer também sugestões sobre a climatização, música e restaurantes em redor, com base na informação reunida em viagens passadas.

Quanto ao sistema operativo YunOS, que está disponível na linha de eletrodomésticos para uma casa inteligente, continuará aberto a contributos de programadores que desenvolvam aplicações que possam vir a ser interessantes e ajudar à funcionalidade do sistema.

Este “carro inteligente” estará disponível apenas no mercado chinês, já a partir de agosto, por qualquer coisa como 20.000 euros.