Um homem foi apanhado em França com 4,75 gramas de álcool por litro de sangue (g/l) quando estava ao volante do seu carro. A boa notícia é que o veículo estava parado e não houve registo de qualquer acidente ou de consequências para a saúde do condutor.

O caso aconteceu em julho passado e foi agora noticiado pelo jornal «Sud Ouest». Uma brigada de trânsito deparou-se com um veículo parado numa escapatória da autoestrada A89, que liga Bordéus a Périgueux. Os polícias encontraram o condutor a dormir e exalando um odor muito forte a álcool, como relata o jornal.

O homem de 56 anos não conseguiu fazer o teste no balão por não conseguir sequer soprar no aparelho. As razões foram confirmadas em pleno hospital, para onde foi levado e onde as análises ao sangue registaram o tal valor de 4,75 g/l – já muito dentro do intervalo de coma alcoólico, que começa a partir dos 3 g/l.

O condutor não se lembrava para onde se dirigia e sabe-se apenas que vinha de Saint-Martin-de-Seignanx. Tendo sido encontrado em Saint-Seurin sur l’Isle ficou a saber-se também que viajou 240 km antes de parar. O homem ficou sem carta de condução desde logo por, pelo menos, seis meses e vai a tribunal em outubro.