É um dos supercarros mais desejados e exclusivos do momento (apenas 7 foram produzidos) e está nas mãos da portuguesa Carina Lima, atualmente a residir no Mónaco. É a primeira vez que um One:1 foi vendido a uma Senhora.

A piloto, atualmente a correr no Lamborghini Super Trofeo, adquiriu o primeiro Koenigsegg One:1, também conhecido como o “Megawatt car”, com o número de chassis #106. O exemplar, de resto, é o protótipo de desenvolvimento, por isso de valor superior. Fala-se que terá custado cerca de 6 milhões de euros.

Carina Lima publicou uma imagem junto do seu One:1 cinza na sua conta do Instagram, assim como um pequeno video onde conduz a máquina sueca fora do Mónaco.

Com 1.360 cavalos, ou 1.000 kW, o One:1 é capaz de acelerar dos 0 aos 300 km/h em 11,92 segundos e travar dos 300 aos 0 km/h em 6,03s. Acelera dos 0 aos 100 km/h em meros 2,8 segundos e é capaz de alcançar uma velocidade máxima (teórica) de 430 km/h.

A piloto portuguesa, de 37 anos, descreve-o como uma ”máquina incrível” e um carro em que é preciso “tratar com carinho, paixão, amor, tudo…”

Carina Lima começou a correr em 2012, no Campeonato de Portugal de GT, aos comandos de um Ferrari 430. Em 2014 participou no Lamborghini Supertrofeo, regressando no ano passado, para vencer a categoria Gallardo AM, numa competição feita por duplas.