A Amazon pretende revolucionar a venda de carros novos e de segunda mão na Europa através de uma plataforma digital.

Segundo a Automobilwoche, o novo serviço será sediado no Luxemburgo e que arrancará em breve no Reino Unido, sendo possível que possa incluir também o negócio de carros em segunda mão.

Algumas marcas, como a Fiat, Hyundai e Opel já utilizaram a Amazon para a venda de automóveis. Outras, como a Mercedes-Benz, têm utilizado a Amazon para a promoção de test drives dos seus modelos.

Em 2016, a Amazon italiana arrancou com a venda de alguns modelos da Fiat, nomeadamente o Panda e o 500, num programa que, em março, foi alargado à modalidade de aluguer operacional.

Neste caso, o processo de compra demora cerca de duas semanas a ser realizado e a Amazon contacta o cliente depois da transação online para ajudar com os processos que sejam necessários.