A Bentley deu a conhecer aquela que é a berlina mais rápida alguma vez produzida pela marca britânica: o Flying Spur W12 S.

O primeiro Bentley de quatro portas a conseguir ultrapassar os 325 km/h (ou as redondas 200 milhas por hora) utiliza um W12 6.0 twin-turbo, com 635cv e um binário de 820 Nm, capazes de fazer chegar este transporte familiar até os 100 km/h em apenas 4,5 segundos.

Por fora, o mais este feroz dos Flying Spur distingue-se pelos acabamentos escurecidos na grelha ou em redor da assinatura visual LED, a que se junta um difusor e, opcionalmente, inserções em fibra de carbono.

No interior, a Bently continua igual a si própria, o mesmo que dizer que o luxo se mantém imagem de marca, com tecnologia suficiente para manter toda a família entretida e ligada ao mundo, mas também com o requinte que o típico cliente da Bentley pode exigir.

Por fim, não é o preço que define a decisão de compra de um cliente da Bentley, a marca ainda não revelou quando custará ter um Flying Spur W12 S na sua garagem.