A última criação da Lamborghini, o Centenario, surgiu pela primeira vez em pista. Foi no circuito italiano de Nardo, juntamente com outros bólides da marca de Ferruccio Lamborborghini.

O superdesportivo, com produção limitada a apenas 40 exemplares, assinala os 100 anos do nascimento do fundador da marca de Sant´Agata Bolognese.

Está equipado com o mesmo motor V12 atmosférico de 6,5 litros do Aventador, embora melhorado para debitar uma potência de 770cv (mais 20cv que no Aventador SuperVeloce). O regime máximo atingido é de 8600 rpm, mais 250 rpm que nos Aventador.

Os números são impressionantes: 2,8 segundos para acelerar dos 0 aos 100 km/h e 23,5 segundos para alcançar os 300 km/h. A velocidade máxima fica-se pelos 350 km/h.

Se as performances são fora do comum, o preço ainda mais: 1,75 milhões de euros à saída da fábrica, o que não impede que a Lamborghini anuncia uma produção de 20 unidades da versão coupé e outras tantas do Roadster.

Veja-o em ação: