Cinco refugiados, entre os quais um bebé e duas crianças, morreram hoje durante travessias do Mar Egeu entre a Turquia e a Grécia, disse a guarda-costeira grega.

As mortes por afogamento ocorreram perto da ilha grega de Kastelloriz onde um navio com pavilhão norte-americano conseguiu salvar um grupo de 12 pessoas que tinham naufragado, não tendo possível salvar uma criança.

As buscas da guarda-costeira grega recuperaram depois os cadáveres de um jovem e de duas mulheres estando ainda as autoridades a tentar localizar um homem que viajava no mesmo grupo.

Este sábado, quatro novos migrantes, três crianças e uma mulher, morreram quando tentavam chegar à Europa porque a embarcação onde seguiam naufragou no mar Egeu. 

Os quatro migrantes, cujas nacionalidades não foram especificadas, morreram afogados perto da ilha grega de Kalymonos.