A chanceler alemã, Ângela Merkel e o presidente russo, Vladimir Putin falaram, este sábado ao telefone. Os dois líderes discutiram um cessar-fogo na fronteira com a Ucrânia e concordaram na necessidade de uma investigação internacional ao acidente que envolveu o Boeing da Malaysia Airlines na passada quinta-feira, escreve a Reuters.

Merkel terá mesmo apelado a Putin para falar com os separatistas da região onde caiu o voo MH17, para que fosse permitido o acesso ao local da queda do aparelho, aos peritos da OSCE que já se encontram na região.

A conversa e o conteúdo da mesma foi divulgada num comunicado do executivo alemão.