De um português cheio de sucesso na ficção, Afonso Cruz «Para onde vão os guarda-chuvas»