Tempo de ler o último livro de José Medeiros Ferreira «Não há mapa cor-de-rosa» como sempre muito inteligente