O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou esta sexta-feira, no Funchal, que o governo está a fazer uma "aposta forte" no setor do turismo através da diversificação dos mercados, aumento das ligações e melhoria da oferta.

"Queremos que haja mais empreendedorismo também na área do turismo", disse o governante, que participou num jantar integrado no Dia do Empresário Madeirense, uma iniciativa promovida pela Associação Comercial e Industrial do Funchal.

Manuel Caldeira Cabral sublinhou a importância das linhas de crédito para o setor, bem como a descida do IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado), já no próximo mês, considerando que vai ter um impacto "muito grande" no turismo.

O ministro da Economia vincou, por outro lado, que o setor é estratégico para o país e destacou a importância da Madeira neste campo, região onde o turismo registou um crescimento de 9,9% face a 2015.

Manuel Caldeira Cabral prevê também um reforço da formação profissional na área ao nível do país, bem como da divulgação do destino e da criação melhores condições para os visitantes, como, por exemplo, o lançamento do programa Portugal WiFi, disponibilizando acesso à internet em todos os centros históricos das zonas turísticas.

O governante salientou, por outro lado, a importância de valorizar papel dos empresários na sociedade portuguesa, pelo impacto que têm na "criação de emprego, na criação de riqueza e na criação de valor".