A conhecida revista para adultos fundada pelo falecido Hugh Hefner teve o nome inspirado numa construtora de automóveis que, embora tenha durado pouco tempo, deixou o nome a uma publicação mundialmente conhecida.

Foi na Playboy Automobile Company que teve origem o nome da revista erótica criada pelo homem que era também um grande entusiasta dos automóveis cuja vida foi rodeada muitas vezes por grandes máquinas.

O império de Hefner teve o nome inspirado numa fabricante de carros que durou apenas quatro anos, fundada em Buffalo, Nova Iorque, em 1947, tendo fechado as portas em 1951 quando faliu. Ainda assim, deixou alguns veículos criados, segundo consta, 97.

O mais notável carro criado pela Playboy Automobile Company foi o Continental, um carro de quatro cilindros que gerava uma potência de 39 cavalos, levando o carro a alcançar os 121 quilómetros por hora.

Mas onde entra a ligação com a revista? Foi um funcionário da então falida fabricante que sugeriu a Hugh Hefner, que era amigo do filho dele, que desse à revista o nome Playboy. E foi assim que, em 1953, nasceu a publicação com este título.

Numa revista essencialmente dirigida ao público masculino, não eram só as Coelhinhas que interessavam: também havia carros nos conteúdos publicados, especialmente no que diz respeito ao prémio Coelhinha do Ano, que era premiada com um automóvel desde meados dos anos 1960.

Além desta ligação ao mundo automóvel, também Hefner era conhecido pela coleção impressionante de carros que tinha.

Várias foram as vezes que a Mansão da Playboy foi fotografada com icónicos carros à porta, tais como uma limusine Mercedes-Benz 600 Pullman, um Maserati Ghibli ou o Mercedes-Benz 300 SL.