Passos Coelho e Paulo Portas aparecerão juntos, a meio de agosto, para a rentrée política. Os seus partidos, PSD e CDS-PP estão em sintonia para preparar o quadro de pré-campanha eleitoral, que arrancará no Algarve. 

O formato da iniciativa,  disseram à Lusa fontes da coligação "Portugal à Frente", será semelhante ao da tradicional festa do Pontal. Se, nesse evento, habitualmente discursa o presidente do PSD, desta vez o presidente do CDS-PP tomará a palavra.

A rentrée prevê que Passos e Portas apareçam lado a lado, mas também em separado e em momentos distintos. Até porque cada um dos partidos que lideram terão as suas universidades de verão.

Para além dos respetivos líderes, deverão participar outros dirigentes partidários e atuais governantes e independentes.

A 13.ª edição da Universidade de Verão do PSD está marcada para entre 24 e 30 de agosto, uma vez mais em Castelo de Vide, distrito de Portalegre.

A segunda edição da Escola de Quadros do CDS-PP vai realizar-se entre 3 e 6 de setembro, em Esposende, distrito de Braga.

A coligação "Portugal à Frente" já apresentou as linhas orientadoras que servirão de base ao programa eleitoral, a ser divulgado até ao final de junho. 

Já o PS, o principal partido da oposição, divulgou o seu programa eleitoral final na mesma noite em que PSD e CDS-PP deram a conhecer as suas bases programáticas. Os socialistas vão escolher as listas de candidatos a deputados para as próximas legislativas a 21 de julho, foi hoje noticiado.  

Entre os outros partidos com assento partalmentar, o PCP divulgou já os eixos essenciais do seu programa. O BE, por sua vez, apresentou o seu manifesto eleitoral, querendo acabar com a austeridade através de duas ferramentas essenciais: a reestruturação da dívida e uma “revolução fiscal”.