Os Led Zepplin reconheceram, esta quinta-feira, em tribunal algumas semelhanças entre um clássico da banda e uma música do filme "Mary Poppins", mas negaram ter cometido plágio.

A banda de Jimmy Page e Robert Plant foi acusada de ter usado acordes da música “Chim Chim Cher-ee”, do musical Mary Poppins, em “Stairway to Heaven”, um dos grandes êxitos dos Led Zepplin.

Da primeira vez que testemunharam em tribunal, os fundadores da banda, Jimmy Page, guitarrista, e Robert Plant, vocalista, eram acusados de terem plagiado acordes de “Stairway to Heaven” a partir da música “Taurus”, composta pelo guitarrista da banda Spirit, Randy Wolfe.

O conteúdo da acusação consistia no facto de, alegadamente, a banda se ter inspirado no instrumental da música “Taurus” quando esta foi tocada pelos Spirit durante uma digressão conjunta com os Led Zeppelin, em 1968/69.

Perante a acusação, Page reconheceu as semelhanças entre os acordes, mas negou que lhe tivessem servido de inspiração.

Relativamente a “Taurus”, o guitarrista dos Led Zeppelin declarou que até há poucos anos atrás não tinha ainda ouvido a música e que, como tal, não plagiou os acordes para “Stairway to Heaven”. Afirmou, contudo, que a banda tocou parte de outra música dos Spirit durante a sua primeira digressão na Escandinávia.