O candidato às primárias do PS António Costa afirmou, esta terça-feira, no Algarve, que seja qual for a decisão do Tribunal Constitucional (TC) acerca dos novos cortes que o Governo quer aplicar, a atual política «está esgotada».

«Entre hoje e amanhã, o país conhecerá as decisões do Tribunal Constitucional sobre as duas últimas medidas que o Governo procura em desespero continuar. Não sabemos qual a decisão, mas qualquer que seja significa que a atual política está esgotada», declarou.

António Costa falava durante um encontro com militantes e simpatizantes do partido, que decorreu em Portimão, perante uma plateia de meia centena de pessoas, entre as quais o antigo Presidente da República Mário Soares.

Defendendo que o país precisa de uma viragem, António Costa afirmou que não é o TC «que pode fazer a viragem de página», mas sim o PS, lembrando que quando Mário Soares foi primeiro-ministro também teve que enfrentar uma grave crise económica.

«Mas havia uma diferença fundamental [entre o atual e o Governo da altura], havia um projeto para futuro e a austeridade não era um fim em si mesmo e é isso que este Governo não tem, uma estratégia para o futuro», sublinhou.

Para o socialista, as soluções que o Governo apresenta «chegaram a um impasse» e «não se resolve nada só cortando salários e aumentando impostos», patamar do qual o Governo «não consegue sair».

Para Costa, a atual política não conduz à solução de nenhum problema, «nem sequer ao controlo e redução da dívida», que, segundo o socialista, aumentou de 97% no início da legislatura para 133%.

O candidato às primárias do PS defendeu ainda que o partido não deve esgotar as suas forças em disputas internas, devendo sim guardar forças para vencer «lá fora» os adversários.

«Quando muitos se preocupam com que vai acontecer no dia 28 de setembro, a minha preocupação é o que faremos a partir do dia 29 de setembro», frisou.

Após o encontro realizado no teatro municipal de Portimão, António Costa partiu para um jantar no Festival da Sardinha, que hoje começa naquela cidade algarvia.