O coordenador do Bloco de Esquerda, João Semedo, acha incompreensível que o PS tenha defendido a demissão do Governo e eleições antecipadas e agora aceite negociar com PSD e CDS-PP.

Numa entrevista ao «Jornal das 8», da TVI, João Semedo diz que o objectivo dos encontros com o PS e PCP é encontrar condições para um possível Governo de esquerda.

«É incompreensível que partido que defende eleições antecipadas queira negociar com Governo», considerou o coordenador do Bloco em entrevista a José Alberto Carvalho.

«Consideramos que a situação política está num impasse, numa situação pantanosa. NO final de dois anos de uma intensa política de austeridade, e de um Presidente da República que põe em cima da mesa uma solução que não é solução e que criou no espírito dos portugueses uma enorme confusão».

«A nossa proposta é conhecida: demissão do Governo e realização de eleições antecipadas». O intuito é resolver a «situação pantanosa» e «aferir a existência de condições para um Governo de esquerda», juntando BE, PCP e Bloco de Esquerda. Os bloquistas reuniram-se nesta terça-feira com socialistas e na próxima sexta-feira está prevista uma reunião com comunistas.