logotipo tvi24

Surto de «doença mãos, pés e boca» na Terceira

Vírus está a levar 15 a 20 crianças por dia ao hospital daquela ilha açoriana, mas pediatra diz que também há casos no continente

Por: tvi24 / CM    |   2014-01-24 17:42

Um surto do vírus coxsackie, comumente apelidado de «doença mãos, pés e boca», está a levar 15 a 20 crianças por dia às urgências do hospital da ilha Terceira, disse esta sexta-feira à Lusa o responsável pelo serviço de pediatria.

A situação, segundo o diretor do serviço de pediatria do hospital, Francisco Gomes, começou «há uma semana».

O especialista, que refere não existir, até à data, qualquer internamento relacionado com este surto, alerta para o facto de se tratar de «uma doença benigna».

«Apesar de altamente contagiosa, é uma doença que tem uma evolução positiva, basta acompanhar os sintomas», disse.

O médico explicou tratar-se uma doença «pouco comum», que geralmente regista «um a dois casos por ano» na Terceira, mas que presentemente tem tido muita expressão não só na ilha, como em território continental. «Já falei com colegas do continente que têm situações semelhantes», afirmou.

A nível dos Açores, o surto regista-se, aparentemente, somente na ilha Terceira, uma vez que, contactados pela Lusa, o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada (HDESPD) e o Hospital da Horta (HH) confirmam não ter qualquer ocorrência da doença.

Em novembro, este vírus levou dezenas de crianças à unidade hospitalar da ilha de São Miguel, tendo decrescido as ocorrências ao longo do mês seguinte até à sua atual inexistência.

Pertencente à família dos enterovírus, o coxsackie, altamente transmissível através de contacto com as secreções do nariz, garganta e boca, afeta sobretudo a população infantil, crianças entre os 3 e os 10 anos.

Além de febre, os principais sintomas são lesões cutâneas, borbulhas, que, como indica o seu nome, surgem ao redor da boca, nas mãos e pés, e que evoluem para vesículas num período entre 3 a 6 dias.

Partilhar

Viatura cai ao mar no Sítio da Nazaré
No local estiveram 13 elementos dos Bombeiros da Nazaré, com quatro viaturas, além da Polícia Marítima
Veja a combinação vencedora do Euromilhões
Sorteio desta sexta-feira
BES: depositantes podem estar tranquilos
A proteção dos depositantes está consagrada na lei e «constitui prioridade máxima do Banco de Portugal em qualquer situação». E o Banco de Portugal revelou que não retirou a idoneidade a Ricardo Salgado
EM MANCHETE
«Não tenho uma varinha mágica para resolver problemas»
Líder do PS afirma que as suas prioridades são a criação de emprego e de condições para as empresas
Israel aceita prolongar cessar-fogo
Gaza: Cruz Vermelha denuncia ataques contra ambulâncias