Cerca de seis mil pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas no centro da Argentina devido a inundações, de acordo com informações das autoridades locais divulgadas na quinta-feira.

Os números provisórios apontam para um morto e um desaparecido devido às inundações, causadas pelas chuvas fortes que se abatem na região há vários dias.

As províncias de Cordoba, Santa Fé, San Luís e Santiago del Estero, no centro do país, são as mais afetadas, mas Salta, Chaco e Corrientes, mais a norte, podem também ser atingidas, de acordo com os serviços meteorológicos do país.