A divulgação de um vídeo amador, na íntegra, sobre a queda de um menino no habitat de um gorila, no sábado, levanta dívidas quanto à pertinência da decisão de abater o primata.

De um lado, Harambe, um gorila de 17 anos e 180 quilos. Do outro, um menino de quatro anos. As imagens mostram a criança a ser arrastada com aparente violência, mas, também, o menino e o gorila de mão dada. Estaria o animal a tratá-lo como uma cria ou como uma presa?

 

O diretor do jardim zoológico de Cincinnati, nos Estados Unidos, justificou a decisão de abater o animal já que o gorila é um animal opulento e estava a ser confrontado com uma situação de stress. Por outro lado, levantaram-se igualmente vozes contra a mãe, por falta de vigilância, como refere o Daily Mail.

O menino entrou no habitat do gorila de gatas, aproveitando um momento de distração da mãe.