As autoridades de saúde norte-americanas registaram hoje o primeiro caso de microcefalia detetado num bebé nascido na Florida, Estados Unidos, cuja mãe foi infetada pelo vírus Zika.

A mulher, proveniente do Haiti, foi ter o filho à Florida, referiu, em comunicado, o Departamento de Saúde daquele estado norte-americano.

O vírus Zika está associado a defeitos congénitos em crianças e fetos de oito mulheres nos Estados Unidos, referem as últimas estatísticas dos centros de controlo dos Estados Unidos para a Prevenção de Doenças.