Uma troca de palavras bastou para o primeiro-ministro espanhol ser notícia esta terça-feira. Numa conferência de imprensa ao lado do presidente russo, Zapatero disse «fornicar» em vez de «apoiar», informa o 20minutos.

O chefe do governo afirmou que, este ano, 500 mil espanhóis viajaram para a Rússia e que o acordo assinado com Dimitri Medvedev foi feito para «estimular, para favorecer, para follar [fornicar em calão], para apoiar esse turismo».

Zapatero corrigiu o erro de imediato, mas já era demasiado tarde. Os risos na sala rapidamente se alastraram a todo um país um pouco corado com a gafe do primeiro-ministro.

VEJA O VÍDEO