A ex-primeira-ministra Iulia Timoshenko revelou esta quinta-feira que tenciona voltar a candidatar-se à Presidência da República da Ucrânia.

«Planeio candidatar-me à presidência», disse aos jornalistas, citada pela Reuters.

As eleições presidenciais antecipadas estão marcadas para 25 de maio.

Iulia Timoshenko foi primeira-ministra entre 2005 e 2010, ano em que perdeu as eleições presidenciais para Viktor Yanukovytch, deposto em fevereiro deste ano na sequência dos violentos protestos no país.

A ex-primeira-ministra esteve presa desde 2011, acusada de abuso de poder. Depois da revolução ucraniana, foi libertada.